Táticas e estratégias para superar a crise

No dia 17 de abril, Carol Reis, fundadora das empresas “CR Coaching de Resultado” e “Arquitetura de Pessoas”, focadas em oferecer iniciativas inovadoras para aproximarem as pessoas do sucesso, e a especialista em vendas, Marcela Quiroga, fizeram uma mentoria sobre táticas e estratégias para superar a crise. 

 

 

Confira abaixo alguns conselhos dados durante a conversa.

 

 

Marcela chamou a atenção da empreendedora para que ela pense em seu papel, neste momento de crise. Segundo ela, agora é a hora de vender sem vender. Estar presente sem ser interesseiro. Ser ponte para a solução do problema para seu cliente. 

 

 

Enquanto isso, ela recomendou que a empreendedora, em contrapartida, olhe para seu negócio e perceba o que pode fazer de diferente do que você fazia antes. No atendimento personalizado, tem algumas etapas importantes para serem com dedicação, por exemplo, cadastrar cliente, segmentar, abordar com script e fazer o contato por segmentação.

 

 

As pessoas estão comprando, não pense em paralisação neste momento, não pressuponha que o mundo parou e que os empresários não terão espaço para vender. Sabemos que o comportamento do cliente mudou, entenda que o cliente é o protagonista e procure saber qual solução ele quer através das suas compras. 

 

 

Já Carol Reis, foi um pouco mais a fundo no panorama de comportamento de vendas e compras. Segundo ela, consumidores estão fazendo sua primeira compra online. Agora que as compras online são inevitáveis, existem dois tipos de comportamento: compra de novos produtos, adesão aos auto serviços, como bancos, Detran, entre outros. Por isso, pensando estrategicamente não podemos ignorar as vendas online. 

 

 

No e-commerce. ainda de acordo com ela, as categorias que estão em maior crescimento são os itens necessários para enfrentar o vírus, como álcool em gel, desinfetante e termômetro, mas também tem os itens que estão ligados a alimentação, como papinha para bebês e enlatados. 

 

 

Em diversos lugares do mundo, desde que reconhecem a existência do vírus, aderem à quarentena e volta a normalidade, um tempo depois, são seis etapas: 

 

 

  1. Compras proativas para a saúde
  2. Gestão de saúde reativa
  3. Preparação da despesa
  4. Preparação para a vida em distanciamento social (e nós, brasileiros, estamos nessa etapa. Onde aumentamos a compra online e diminuímos as idas às lojas e aumento de pessoas diagnosticadas com COVID19)
  5. Vida restrita (a Itália está nessa etapa, tudo restrito e aumento de preços e casos massivos de COVID)
  6. Vivendo uma nova normalidade (como a China neste momento, onde as pessoas estão retomando a normalidade, mas com cautela e hábitos de higiene mantidos).

 

 

Essas etapas servem para nos mostrar que quando o Coronavírus passar, o comportamento do consumidor também vai mudar. E é importante ver além do agora, se preparar para daqui a três, quatro meses, quando isso mudar mais uma vez. É importante se adaptar. 

s;