/>

Na semana da visibilidade trans, Women Will reúne 85 mulheres em São Paulo

A edição feita em parceria com a RME e a Transempregos foi segmentada para mulheres transsexuais e travestis e contou com público de 16 a 50 anos

 

 

Nos dias 27 e 28 de janeiro, o Google, em parceria com a Rede Mulher Empreendedora e a Transempregos, realizou mais uma edição do Women Will, programa de capacitação para criar oportunidades econômicas e promover o desenvolvimento e o sucesso de mulheres ao redor do mundo. É a segunda edição do programa dedicado a mulheres transsexuais e travestis. 

 

 

Kitty Oliveira Reis, 21, compartilhou que foi a primeira formação com tantas mulheres trans e travestis que ela participava. “Tem sido incrível porque é uma partilha de visão, uma vivência, que não tem em todo lugar! Gostei bastante, gostei das apresentadoras e o network que eu estou fazendo aqui”, falou.

 

 

Kitty Oliveira Reis apresentando o pitch do seu negócio

O treinamento, que ocorreu no Campus do Google para Startups, em São Paulo, reuniu 85 mulheres, com idade entre 16 e 50 anos. Foram 16 horas de conteúdo, dividido em dois dias, em que as participantes foram incentivadas a desenvolver habilidades técnicas, comportamentais e pessoais por meio de palestras com especialistas em negociação, liderança, organização financeira, network, ferramentas digitais e autoimagem. 

 

 

Lua Silva de Oliveira foi uma das participantes e considera que o curso foi fundamental para seu currículo. “Tive a melhor experiência que eu pude ter já no início do ano. Poucas vezes eu vi empresas fazendo algo pelas minorias, principalmente mulheres trans. Então eu acho gratificante ter participado de tudo isso. Foi um momento único para mim e acredito que para todas!”, disse no fim do segundo dia. “É interessante a gente ter o contato de outras meninas, saber das vivências e saber que é possível alcançar novos ares e ter novas perspectivas de vida. Já participei de outras formações, mas nenhum com um grau de importância como esse. Agregou muito no meu currículo.”, finalizou.

 

 

Lua Silva de Oliveira apresentando o pitch do seu negócio

Sobre o programa Women Will

 

 

Women Will é um programa do Google para capacitar mulheres brasileiras a criar suas próprias oportunidades econômicas, tornando-as confiantes e habilitadas para aproveitar todo o potencial do digital, seja iniciando um empreendimento, mudando de carreira ou encontrando um emprego. O Brasil é o quinto país a receber o programa e, até o momento, 25 mil mulheres já foram treinadas.

 

 

Em 2018, o programa realizou 12 sessões em São Paulo e foi expandido para o Brasil todo, chegando a seis capitais brasileiras (Teresina, Brasília, Salvador, João Pessoa, Fortaleza e Natal). 

 

 

Em 2019, o projeto continuou sua expansão levando o conteúdo para outras 6 capitais do Brasil (Brasília, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Goiânia) mas também focou especialmente em grupos femininos com pouco acesso a programas de capacitação e socialização, como mulheres egressas do sistema prisional e jovens da Fundação Casa, principal instituição socioeducativa de São Paulo, com o objetivo de ajudá-las a se reintegrarem na sociedade por meio de habilidades digitais e interpessoais. 

 

 

Sobre a Rede Mulher Empreendedora

 

 

Primeira e maior rede de apoio a empreendedoras do Brasil, a RME existe desde 2010 e tem 750 mil pessoas conectadas em rede. O objetivo é fomentar o protagonismo feminino no empreendedorismo, auxiliar quem quer empreender e quem quer se inserir no mercado de trabalho, por isso, a RME promove eventos anuais como a Virada Empreendedora e o Fórum Empreendedoras; eventos mensais como Café com Empreendedoras e Mentorias; também conta com um programa de aceleração, o RME Acelera, cursos intensivos para quem quer empreender, trilhas de conhecimento online e o programa RME Conecta, que faz a ponte entre negócios de mulheres com grandes empresas para negociação e fornecimento B2B.

 

 

Sobre a Transempregos

 

 

A Transempregos, maior portal de vagas e currículos para pessoas trans, existe desde 2013 e atua com o objetivo de fazer a ponte entre essa população e o mercado de trabalho, buscando vagas inclusivas. Além de divulgar vagas, a Transempregos também dá consultorias para empresas interessadas em fazer parte da humanização e diversidade no país.

 

 

Leia mais sobre Women Will em www.womenwill.com/intl/pt-BR.
Veja o álbum de fotos completo.

s;