#Aceleradas2019 – Conheça a rede de apoio para quem quer estudar o clima

Para muitos jovens empreender não é a primeira opção de carreira ao concluir sua graduação. Para Cassia Moraes, fundadora do Youth Climate Leaders, não foi diferente. Ela, que é formada em Relações Internacionais pela Unesp, sempre apresentou características empreendedoras e as questões climáticas sempre lhe despertaram um interesse especial, sobretudo quando realizou seu mestrado na Columbia University (EUA), que lhe proporcionou uma expansão de seus horizontes, assim como de sua rede de contatos, principalmente com pessoas relacionadas ao empreendedorismo social. Neste período chegou a empreender na criação de um leite de castanha do pará, como parte de seus estudos na Amazônia, mas a iniciativa não vingou. Ficou a experiência e o desejo de desenvolver um negócio aumentou.

 

 

Sempre muito articulada, Cassia participou de vários congressos ambientais pelo mundo. Em um deles, conheceu Fernanda Matsuoka, sua sócia que também apostou na idéia da criação de uma rede de apoio a jovens que desejam se inserir no universo dos estudos do clima. 

 

 

Apesar dos grandes objetivos e estudos das sócias, o YCL enfrentou algumas dificuldades no início, como por exemplo, estruturar o primeiro piloto do projeto, as viagens, tornar o negócio financeiramente sustentável e, no caso da Cassia, uma jornada dupla de trabalho, pois necessitava de uma fonte de renda que vinha de seu trabalho de consultorias paralelas. 

 

 

Diante disso, elas resolveram inscrever o YCL no RME Acelera em 2019. Apesar de  entrarem no programa sem saber muito bem o que seria, hoje consideram a aceleração como um grande ganho, pois conseguiram estruturar o empreendimento de forma surpreendente e a metodologia foi essencial para que repensarem algumas questões e se conectassem ainda mais com pessoas estratégicas. 

 

 

O Youth Climate Leaders hoje é mais um exemplo de empresa que carrega propósito em sua existência. Por meio de cursos, imersões e treinamentos em vários países, o YCL tem como meta de impacto empoderar 1 milhão de jovens para liderar projetos climáticos em uma rede global até 2030. 

s;