/>

Ressignifique a sua Mulher Maravilha

Super heroína, poderosa, aquela que dá conta de tudo, cuida de todo mundo, organiza, administra e equilibra todas as áreas da vida da família, cuida dos pais, do marido, dos filhos, dos amigos, dos amigos dos filhos, dos filhos dos amigos, ufa!!

 

É esse tipo de Mulher Maravilha que você conhece? Por acaso se identifica com ela? Exatamente! Muitas de nós nos identificamos e perseguimos a imagem da Mulher Maravilha PERFEITA – aquela que dá conta de tudo! Social e Culturalmente, foi essa imagem e esse significado que nos apresentaram.

 

Aceitamos essa apresentação como verdade e nos colocamos numa corrida maluca para atingir esse modelo de mulher. Com isso fomos nos exigindo cada vez mais uma atuação sem defeitos. Centralizamos as tarefas domésticas, familiares e profissionais e quando sobra tempo podemos até pensar em cuidar um pouco de nós mesmas. Se sobrar tempo. Sobra para você?

 

Essa corrida maluca chega ao fim quando somos obrigadas a desacelerar porque o físico e o emocional pedem socorro! Não suportam mais tanta cobrança externa, mas principalmente tanta cobrança interna: não aceitamos nada além daquilo que consideramos perfeito. Não exercitamos a prática de delegar e dividir com nossos pares e parceiros as responsabilidades e atividades do dia a dia. Sobrecarregamos nossos dias de obrigações, compromissos e sobrecarregamos nosso corpo com pesos que muitas vezes não são nossos. Ameaçamos e negligenciamos nossa saúde. Até que descobrimos que não somos autossuficientes! Precisamos umas das outras, uns dos outros. Mas acima de tudo precisamos mais de nós mesmas.

 

É nesse momento que coloco para você a provocação do título desse texto: RESSIGNIFIQUE SUA MULHER MARAVILHA! Você não precisa negar ou aposentar a Mulher Maravilha que lhe habita. Ela pode continuar com você desde que assuma um novo papel. Dessa vez de parceira que te fortalece. Reencontre sua força interna para que seus “super poderes” possam fazer real efeito em tudo que você queira realizar.

 

Ser Mulher Maravilha é ser capaz de reencontrar e reconhecer essa força – a que lhe permite acreditar na sua capacidade de realizar sonhos e conquistar seus objetivos. Uma força que lhe permite tomar suas decisões e fazer suas escolhas aceitando que em muitos momentos o melhor a fazer é se reconhecer humana e imperfeita, se acolher com carinho e zelar pela sua saúde.

 

E então poder viver de forma plena e completa – de forma autêntica e verdadeira como você realmente merece, dizendo SIM para você mesma!

 

Com carinho,

 

MARIA JOSÉ FRÓES FERES Empreendedora – Fundadora da Sommos Consultoria e Educação Financeira Embaixadora da RME em Niterói/RJ Multiplicadora do Programa Ela Pode no RJ

s;