/>

Redes sociais e negócios: soluções que empresas oferecem para potencializar a presença das marcas nas mídias sociais

As redes sociais têm se tornado alvo das empresas que se preocupam com a exposição da marca como uma estratégia competitiva para se destacar em seu mercado de atuação, sendo a interação com o público de interesse o foco principal. Atualmente, 96,2% das empresas estão presentes nas redes sociais e 62,6% consideram que as redes sociais têm um papel muito importante para os negócios, segundo o relatório Social Media Trends 2019.

 

O levantamento ainda revela que 53% das empresas consultadas indicam a divulgação da marca como o mais importante. Outro benefício das mídias sociais para os negócios é o aumento de vendas e de número de clientes, observado por 38,1%. A rede social mais utilizada pelos usuários ainda é o Facebook, com 97,5% das menções na pesquisa, seguido do Instagram com 89,4% e LinkedIn com 56,4%.

 

De olho na chegada da tecnologia de rede móvel 5G, uma pesquisa do Gartner destaca que 66% das empresas pretendem usar 5G até 2020, principalmente em comunicações de vídeos, aplicações de Internet das Coisas (Internet of Things) e sistema para aumento de eficiência operacional.

 

Para Diego Carmona, CEO da leadlovers, plataforma de automação de Marketing Digital, as mídias sociais sempre foram e ainda são bons canais de comunicação. “Além de representarem uma das formas mais eficazes de se conectar com esses usuários online, plataformas como essas disponibilizam a possibilidade de fazer anúncios responsivos e que conversam com diferentes públicos e em dispositivos variados. A grande sacada é desenvolver campanhas publicitárias que conversem com essas duas realidades e ter uma automação de marketing que priorize e alcance o público desejado, para assim, garantir sucesso na captação de novos leads e gerar engajamento”, explica Carmona. A plataforma oferece todas as ferramentas necessárias para empreendedores que buscam estratégias de marketing digital sem alto custo.

 

Outra solução que tem chamado a atenção das empresas para inovar nas redes sociais é a de realidade aumentada (AR), que permite a construção de uma narrativa imersiva onde as pessoas experienciam o mundo físico e o digital simultaneamente. “Atualmente, vivemos um processo de transformação digital sem precedentes, e a tecnologia de AR ganhou destaque no planejamento estratégico das empresas que pretendem surpreender os consumidores com um diferencial que tende a aproximá-los das marcas. Com a chegada do 5G, essas experiências serão cada vez mais comuns, e na velocidade compatível com a expectativa dos consumidores”, explica Marcos Trinca, Partner e Head de XR da More Than Real, empresa brasileira referência global no desenvolvimento de experiências e soluções de realidade aumentada.

 

Além disso, a análise de concorrência é um ponto crucial para atuar de forma eficiente nas redes sociais. Segundo Eduardo Prange, CEO da Zeeng, primeira plataforma de big data analytics para o setor de comunicação e marketing,analisar dados é ponto vital para desenhar estratégias e ações de crescimento para as empresas. “Utilizar dados de concorrência é fundamental para analisar os pontos que sua empresa precisa melhorar e até criar oportunidades. Além de basear suas campanhas em fatos e não em “achismos”, comenta Prange.

 

A interação com o público se faz necessária através do desenvolvimento de mídias que se encaixam em divulgação de produtos e marcas em ambientes de alto impacto, alta interatividade, criando experiências únicas no digital. “Hoje, as marcas que se beneficiam das redes sociais são aquelas que precisam investir em branding, e que estão preocupadas em criar relacionamentos de longo prazo com seus clientes”, comenta André Freitas, sócio-diretor da Cazamba, empresa de tecnologia em mídia que permite marcas engajarem com seus consumidores.

 

Outro ponto importante quando pensamos em redes sociais, é em relação ao atendimento ao cliente. Hoje em dia se tornou cada vez mais comum que os consumidores façam solicitações ou reclamações por meio das redes. Sendo assim, apostar em soluções que facilitem esse contato é imprescindível. De acordo com Albert Deweik, CEO da NeoAssist, plataforma tecnológica omnichannel para relacionamento com o cliente, é de suma importância ter pensar nas redes sociais quando se fala em relacionamento com o cliente. “O consumidor já espera que a sua empresa o atendo pelas redes, mas é preciso estar preparado para isso, ou o efeito pode ser prejudicial”, finaliza Deweik.

s;