Projeto dá apoio ao empreendedor com mais de 60 anos

Região do ABC ganha projeto de apoio às pessoas com mais de 60 anos que queiram montar seu negócio ou já são empreendedoras. Iniciativa é uma parceria entre o Instituto Centro de Memória & Atualidades e Sebrae Nacional.

 

O Instituto Centro de Memória & Atualidade (IMA), em parceria com o Sebrae Nacional, está desenvolvendo na Região do Grande ABC, o projeto Empreender 60+ Por Conta Própria – Trabalho e Renda para pessoas com mais de 60 anos com o objetivo de realizar um diagnóstico da situação do empreendedorismo na terceira idade e propor ações de capacitação, orientação e acompanhamento dos empreendimentos comandados por pessoas com mais de 60 anos de idade.

 

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a expectativa de vida do brasileiro é de 74,9 anos. Hoje, o país tem 29,2 milhões de pessoas com mais de 60 anos, o que representa 14,3% do total da população. Em 2060, serão 58,4 milhões, cerca de um quarto da população brasileira. Com o aumento da expectativa de vida, é cada vez mais necessário a pessoa idosa encontrar condições de garantir seu próprio trabalho e renda.

 

Atualmente, na Região do Grande ABC, são mais de 365,8 mil pessoas com mais de 60 anos. Boa parte dessa geração não quer mais ficar em casa vendo o tempo passar. Alguns, com grande experiência acumulada, querem voltar a trabalhar por “conta própria”, no seu próprio negócio, segundo o coordenador do Instituto Centro de Memória & Atualidades e gestor do projeto, o economista Cido Faria. “Então, por que não capacitar os 60+ para montar seus próprios empreendimentos, ajudando-os a viabilizar suas ideias do ponto de vista da gestão? Por que não organizar modelos de negócio para a geração de trabalho e renda para os 60+?”, explica.

 

Para ele, o Empreender 60+ Por Conta Própria é uma ação que ajudará a viabilizar ideias daqueles que querem empreender na terceira idade e está dividido em duas fases: diagnóstico e capacitação. No diagnóstico, o projeto realizará, entre os meses de agosto e outubro, nas cidades do Grande ABC (Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra), cerca de 1.200 entrevistas com pessoas com mais de 60 anos de idade que são empreendedoras ou tenham vontade de montar um negócio.

 

Numa segunda fase, a partir do diagnóstico e cadastro dos empreendedores e interessados em montar um negócio, o projeto irá capacitar, orientar e acompanhar aproximadamente 700 empreendimentos criados/geridos por pessoas com mais de 60 anos de forma a torná-los empreendedores daquilo que já sabem fazer ou que buscam inovar. Serão ministradas oficinas de gestão de negócio, realizados atendimentos para orientação empresarial com acompanhamento presencial do empreendimento e formação na utilização de ferramentas de gestão, comunicação e marketing.

 

As pesquisas do projeto estão sendo aplicadas tanto presencialmente, por uma equipe treinada pelo Instituto Centro de Memória & Atualidades para visitar quem atua com a terceira idade, quanto on-line. Para saber mais, o interessado pode acessar o site do projeto (projeto60mais.wixsite.com/website), seu Facebook (Empreender 60+) ou ainda responder a pesquisa diretamente no Google Formulário (shorturl.at/KMY45). Todas as informações cedidas pelos entrevistados servirão para realizar um diagnóstico sobre o empreendedorismo com pessoas com mais de 60 anos na região e são de uso interno e exclusivo do Sebrae para execução do projeto.

s;