Digital House promove programa de bolsas de estudo exclusivo para mulheres

Com objetivo de aumentar o número de programadoras no mercado, a Digital House Brasil, escola especializada em cursos intensivos voltados à tecnologia, lança no dia 24 de junho o seu programa de bolsas exclusivo para mulheres.

Serão oferecidas 100 bolsas às interessadas nos cursos de Web Full Stack, Mobile Android e Mobile iOS com o valor de 80%. Segundo a coordenadora dos cursos de programação, Ana Paula da Silva Pereira, a ideia é incentivar mais mulheres a entrarem no mundo da programação para mudar o cenário desse setor, que é predominantemente masculino.

“Sabemos que, historicamente, o mercado de tecnologia é dominado por homens e isso dificulta a entrada de mulheres na área. Com o programa Mais Mulheres em Programação, acreditamos que teremos novas alunas em nosso campus, que desejam estudar e trabalhar para fazer a diferença nesse mercado”, reforça a coordenadora.

Para se ter uma ideia, segundo a ONU, no Brasil, 73% dos profissionais de programação são homens e 17% são mulheres. No caso da Digital House, 80% dos alunos formados nos cursos de programação são homens e 20% mulheres.

Para participar do processo de seleção e mudar esse cenário, as candidatas precisam se considerar mulher, ser maior de 16 anos e ter disponibilidade para estudar presencialmente no Campus Vila Olímpia, em São Paulo.

As inscrições deverão ser feitas até o dia 22 de julho no site. Nesse endereço, também é possível encontrar mais informações sobre o programa e regulamento completo.

s;