/>

O que fazer quando o problema da sua empresa é VOCÊ?

Por Jaqueline Guerra
 

Este artigo traz uma reflexão de como estamos administrando nossas empresas, pois podemos descobrir que o maior problema somos nós mesmos. Sempre estamos avaliando o concorrente, a equipe, o cliente e as demandas do mercado, porém, não paramos para avaliar como estamos de fato administrando nosso próprio negócio. Muitas vezes estamos tão envolvidos com tudo o que listamos acima, que esquecemos de avaliar o nosso próprio desempenho como gestores.

 

Existem alguns sinais de que o problema da sua empresa pode ser VOCÊ, e acredite, você vai se identificar com muitas destas características que dificultam o crescimento do seu negócio como deveria:

 

  • Não escutar nada e a ninguém;
  • Não ter humildade para reconhecer que ninguém sabe tudo;
  • Não delegar;
  • Afirmar o tempo todo que ninguém sabe mais da sua empresa do que você;
  • Não se reunir com a própria equipe para ouvir ideias e sugestões;
  • Não controlar as finanças;
  • Focar sempre no operacional, deixando o estratégico de lado;
  • Achar que só você sabe atender bem o cliente;
  • Misturar a vida pessoal com a profissional o tempo todo, levando os problemas pessoais para a empresa;
  • Não ter uma agenda para ser acompanhada com disciplina;
  • Não conseguir tomar decisões porque não acompanha os números de vendas da sua empresa;
  • Não buscar capacitação quando necessário;
  • Querer trabalhar pouco e ter um grande retorno;
  • Não buscar ajuda de profissionais qualificados para ajudar na gestão, afinal sabe tudo sobre o seu negócio;
  • Não utilizar o sistema de gestão existente, preferindo fazer o controle manual;

 

Se você tem alguma destas características, recomendo mudar suas atitudes e aproveitar as oportunidades de fazer diferente.

 

Observo que as empresas que tem gestores abertos a ouvir o próximo e fazer a diferença no mercado, buscam alternativas de todos as formas para que isso aconteça de fato. Estas empresas buscam ajuda profissional, ouvem suas equipes fazendo reuniões quinzenais ou mensais para alinhar estratégicas para o crescimento do negócio.

 

Acompanham suas vendas e sua gestão financeira, buscam capacitação fazendo cursos de gestão para melhorar o seu desempenho como profissional, ficam pouco tempo no operacional e acompanham sua empresa através de sistemas de gestão que trazem todas as informações que precisam em tempo real para a tomada de decisões, mesmo não estando o tempo todo na empresa.

 

É preciso apreender com nossos erros e estar dispostos a melhorar nosso desempenho como gestores. Somente assim faremos a diferença em todos os sentidos. Empresário bem informado tem suas equipes engajadas e retorno rápido do mercado, fazendo toda a diferença perante a concorrência.

 

Por fim, recomendo fazer uma auto avaliação e ver quais os pontos que precisam ser melhorados imediatamente para que possa crescer ainda mais profissionalmente e pessoalmente.

 

 

Jaqueline Guerra

 

Formada em Administração de Empresas, MBA em Gestão Empresarial – FGV; Formações específicas em “Como Gerenciar em Pequenos e Médios Negócios” e “Consultoria Organizacionais” ambas pela Fundação Getúlio Vargas – FGV; Embaixadora da Rede Mulher Empreendedora. Proprietária e Consultora de Gestão da Unidade Franqueada da Multiply Consultoria – Unidade Vitória-ES
s;