Fórum Pacto Global discute situação atual dos ODS no Brasil

fórum

O evento, que marcou os 15 anos da Rede Brasil, deu destaque para temas como empoderamento feminino e direitos humanos
 
O Fórum Pacto Global, evento que aconteceu no auditório do MASP, na semana passada, celebrou os 15 anos desde o início das atividades do Pacto Global da ONU no Brasil, em 2003. Foram discutidas temáticas dentro dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, trazendo olhares e opiniões nacionais e internacionais sobre corrupção, empoderamento feminino, direitos humanos e clima.
 
Durante todo o evento, apesar de transitar por diversos assuntos, a questão da igualdade de gênero manteve-se em evidência. Foram apresentados dados que incentivam esse tema em empresas, como: “se atingirmos a igualdade de gênero até 2025 o PIB do Brasil poderia crescer 28 trilhões de dólares”.
 
O tema foi explicitado em dois talks: com Eliane Brum, colunista do El Pais, trazendo depoimentos de assédios e dados sobre a violência contra as mulheres no Brasil e no mundo, fazendo a plateia refletir sobre a sociedade e seus atos; a outra fala foi de Adriana Carvalho, assessora especial da ONU Mulheres, mostrando para o público como atuar para diminuir a desigualdade de gênero e a violência contra as mulheres por meio dos Princípios de Empoderamento Feminino da ONU Mulheres, os WEP’s.
 
Muito falou-se também sobre igualdade e melhores oportunidades no painel que comemorou os 70 anos da Declaração dos Direitos Humanos, destacando a importância da representatividade e o que está sendo feito para que o preconceito diminua e as oportunidades aumentem. A discussão foi composta pela empresária Rachel Maia; pela primeira advogada a ter nome social na carteira da OAB, Dra. Márcia Rocha; por Flávia Piovesan, comissária da Comissão Interamericana de Direitos Humanos; por Flávia Scabin, professora e pesquisadora da escola de direito da FGV; e por Francisco Xavier Mena, representante regional adjunto do alto comissariado da ONU para os direitos humanos; com mediação de Eliane Trindade, colunista do jornal Folha de São Paulo.
 
A Rede Brasil, como são chamadas as atividades do Pacto Global da ONU no país, conta com uma presidente mulher, Denise Hills, e com diversos membros mulheres em seu board. Considerada a terceira mais relevante do mundo, a Rede Brasil foi parabenizada pelo escritório central, que fica em Nova Iorque.
 
Saiba mais: http://pactoglobal.org.br/

s;