mãos />

O poder de atuar em rede

O que significa atuar em rede e como isso pode ser fundamental para as empreendedoras em um mundo cada vez mais complexo
 

Por Alice Salvo Sosnowski

 

Todos nós nascemos e morremos sozinhas. O que nos diferencia dos outros seres, é o que podemos fazer no intervalo desses acontecimentos, já diria o filósofo Mário Sérgio Cortella.

 

E uma das coisas mais poderosas e que nos diferencia como seres humanos é a capacidade de Compartilhar: trocar experiências, dividir problemas e multiplicar soluções. Este é um aprendizado que a vida profissional tem me proporcionado.

 

Atuo como empreendedora desde 2005. Em 2010 – ao lado da amiga Ana Fontes – ajudei a idealizar a Rede Mulher Empreendedora, mas não imaginava a força que a rede teria ao longo dos anos. Mérito arduamente conquistado pela Ana e uma grande equipe de mulheres fortes.
 

Hoje, com 300 mil empreendedoras reunidas e 50 embaixadoras espalhadas pelo Brasil, a RME se tornou um espaço de interação e apoio mútuo. Cada vez tenho mais orgulho e satisfação de atuar nesta rede. Mas nada melhor do que os fatos para exemplificar a afirmação.

 

Escrevo este artigo às 6h30 da manhã de uma quarta-feira. Estou a caminho de um evento da Rede Mulher Empreendedora em São José dos Campos, organizado pela embaixadora Paula Dal Belo. Fui para representar a Ana Fontes, que não conseguiu comparecer por motivo de saúde, mas no mesmo dia me passou um contato precioso de uma advogada que me ajudou no fechamento de um contrato. Enquanto trocava experiências com as empreendedoras do Vale do Paraíba, recebi uma linda mensagem de uma amiga agradecendo a minha indicação da sua assessoria de imprensa para um mentorado meu.

 
Uma semana antes, precisava estar em Florianópolis para resolver uma questão importante. Não podia viajar. Liguei para uma das embaixadoras da Rede, Ana Bevilacqua, que providenciou um portador para me ajudar. Não a conheço pessoalmente, mas ela me atendeu como se fôssemos amigas de longa data e disse algo que me comoveu: “às vezes uma coisa tão simples pode dar tanto trabalho por falta de um pouquinho de boa vontade. E a Rede está aí para isso!”

 

Esta fala revela valores importantes, como boa vontade, disposição de ajudar, confiança e consciência de que uma rede é formada por muitas conexões. E são estas linhas invisíveis que criam uma rede incrível, que nos fortalece e mostra que a vida empreendedora é repleta de desafios, mas também pode ser leve e prazerosa se soubermos atuar em conjunto!

 

*Alice Salvo Sosnowski é jornalista, escritora, especialista em empreendedorismo e criadora da metodologia O Pulo do Gato Empreendedor©. Atua como mentora e consultora e é sócia da agência digital Cinética. Mais Informações em www.opulodogatoempreendedor.com.br.

 

s;