target />

5 dicas para líderes empreendedoras

Por Deborah Toschi*
 
Empreender envolve uma série de mudanças e esforços, mas existe uma competência que muitas vezes nós empreendedoras não nos damos conta que é chave nesta nossa caminhada: a Liderança.

 

Se você anteriormente passou por experiências profissionais em empresas, vai observar que no momento que você começa a empreender você reforça a necessidade de desenvolver a sua autoliderança.

 

O que é a autoliderança? O que é ser líder de si? É você ter uma atitude de protagonismo, é ter as rédeas das suas ações frente aos seus desafios e metas. Mais do que nunca, você terá que ser capaz de se auto gerenciar, desenvolver, definir metas e se desafiar.

 

Além disso, se você possui uma equipe, e não importa se você tem uma ou duzentas pessoas no seu time, você agora passa a ser totalmente responsável pelo acompanhamento, desenvolvimento e retenção destas pessoas.

 

Como empreendedora não existe mais aquela estrutura da área de RH (em muitos casos) ou mesmo um líder imediato com quem você pode compartilhar suas decisões. É você com você! Se por um lado você ganha um universo de autonomia e oportunidades de desenvolver uma gestão com o seu estilo, por outro lado é necessário que você aumente ainda mais o seu autoconhecimento a respeito desta e de outras competências.

 

A posição do líder, independente do formato, sempre é mais solitária, e vejo muitas mulheres empreendedoras que sentem falta de um apoio, de uma troca e formas para desenvolver a sua própria carreira. Afinal ter um negócio não é sinônimo de estagnação, pelo contrário.

 

Então como alguém que é empreendedora, atende mulheres que empreendem ou desejam empreender, deixo aqui 5 dicas para que você fortaleça a sua liderança:

 

  1. Participe de grupos como RME onde você possa ampliar os seus conhecimentos, compartilhar suas experiências e possa se sentir apoiada. Está troca é necessária e muito saudável.
  2.  

  3. Eleja um mentor (a). Pode ser um profissional que trabalhe com o Mentoring ou mesmo alguém que você admire e confie para ajudá-la em situações desafiadoras no seu dia-a-dia profissional.
  4.  

  5. Busque caminhos para ampliar o seu autoconhecimento. Para administrar bem o seu negócio e a sua Carreira é muito importante ter na sua agenda atividades relacionadas ao seu desenvolvimento pessoal. Aqui você pode utilizar cursos, livros, meditação, vídeos entre outros recursos para dar foco e constância nesta área. Muitas vezes é difícil fazer isto sozinha, sendo assim, o Coaching também ajudará e muito neste processo de ampliar as suas potencialidades.
  6.  

  7. Insira no seu planejamento mensal uma avaliação de desempenho. Pode ser uma autoavaliação, pode ser através da equipe ou mesmo de parceiros. Busque o seu feedback! Isto vai ajudar e muito no seu aprimoramento.
  8.  

  9. Acompanhe profissionais que você admira como líderes, empreendedores. Eles também trarão dicas e inspirações que você pode aplicar no seu próprio estilo de liderança.

 

Por mais “solitário” que possa parecer o desafio de empreender, sempre valerá a pena.

 

Quando você com muita coragem optou por seguir um caminho que tem ressonância com a sua verdade as ferramentas também aparecerão na mesma proporção. E lembre-se que sempre existem recursos a sua disposição para tornar o seu sonho cada vez mais próspero e com significado.
 
*Deborah é fundadora do portal Capio, mulher empreendedora e atua na área de Desenvolvimento Humano como Mentora e Coach de Transição de Carreira e Vida.

s;